quinta-feira, 21 de julho de 2016

"Dia Carrancudo".



     Parece que esse impiedoso frio veio com uma brutal virilidade jamais esperada, neste ano!



     O sol que brilha lá fora não consegue aquecer os ossos, e a massa de ar frio austral trazida pela brisa, dissimula o verdadeiro nível, levando  a sensação térmica a proporções insuportáveis!

     Há dias mal-humorados, outros ensolarados, céus azuis, limpos!

     Nem mesmo as plantas esperavam um inverno tão cruel como este, que submissas, suportam murchas, as cicatrizes provocadas pelas "geadas" tingindo de castanho tudo o que antes era verde!

     Encolhido numa poltrona na sala, analiso lentamente os detalhes do amplo teto de madeira escura e afirmo até com certa convicção, que ele já fora bem mais claro em outros tempos!

     Não, não é isso! Eu é que estou escurecendo a cada Inverno que chega e quer se perpetuar!

     Tenho medo de escurecer também por dentro, a cada dia carrancudo que termina!

     "Se a chama que está dentro de ti se apagar, as almas que estão ao teu lado morrerão de frio". François Mauriac.

      Leia mais sobre este tema AQUI.

28 comentários:

  1. Mesmo nos mais carrancudos dias, nossa alma deve ter o mais lindo sol de um dia claro de verão, expresso em um lindo e aberto sorriso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que eu tenho esse lindo sol que aquece de vez em quando minhas tardes frias e ilumina meu peito com um lindo sorriso que brota da alma. Essa pessoa tem sido minha estrela-guia, Claudia!

      Excluir
  2. Acho que está dentro do clima, o inverno propriamente sentido, outras vezes eram os "venanicos" que invadiam a estação e variavam, frio/calor, enfim...Logo passará!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Olá Victor! O inverno este ano roubou um cadinho do outono e está firme e forte. Eu me sinto mais disposta no verão, mas de uns anos para cá o calor quando em demasia me "derruba" mais.
    Que chegue logo a primavera para alegrar nossos olhos e aquecer nossos tormentos frios.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Dalva!
      Isso mesmo, que chegue logo a Primavera!
      Beijos!

      Excluir
  4. "...e a neblina que transforma tudo todo dia em uma possibilidade diferente, mas aos poucos com forma e sentido." Olá meu bom amigo VictorNanny, acordei um dia assim nestes dias frios de renguear cusco, num linguajar gauchesco. Entendo quando dizes da escuridão, numa comparação metafórica com o inverno, diga-se, muito rigoroso este ano. Na minha juventude adorava noites de neblina no inverno, mas hoje com quase meio século prefiro me recolher no meu ninho e sonhar com o frio e não sentir. Eu vi a diferença das fotografias, esta quase nem se vê, mas em compensação a outra esta nítida como um dia de Sol.
    ps. Carinho respeito e abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagino o frio que é aí no Sul, amigo Jair!
      Abraços!

      Excluir
  5. Que palabras tan atinadas y tan sabias. Si tu fuego interior se apaga, quien está a tu lado morirá de frío. Hermoso. Saludos cordiales. Franziska

    ResponderExcluir
  6. Essa foto sim está no inverno... esse inverno que aos poucos vai tomando conta de nossos dias, cada vez mais longos até o momento que se emendam... Gostava do inverno, hoje não mais, prefiro a primavera, onde temos o equilíbrio perfeito. No andar da carruagem, as coisas se modificam...
    bjs, amigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também ainda prefiro um pouco mais de calor, Tais!
      Beijo, amiga!

      Excluir
  7. Não podemos escurecer, meu amigo, há que resistir.
    Ao contrário do Victor, eu acho que vou derreter com tanto calor... e um bocadinho desse frio dava algum jeito por aqui...
    Victor, tem um bom resto de semana.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  8. Meu querido, meu velho, meu amigo (ah, tem direitos de autor) Victor!

    Li e reli seu texto, k me deixou pensando. As janelinhas de minha alma se abriram, de imediato, para ver, observar a sua. Como ela é linda e tão livre! Caramba, a vida! Ah, voce é melhor k pássaro, voando e amando a cada segundo. Continue enchendo seu papinho, pke o Homem consegue sempre dar um outro jeito à coisa. É instintivo, meu amor de amigo.

    Aí, um frio que vos tira dá praia e do calçadão, e até as casas ficam escuras, meio sem graça e nós querendo ficar bem encurralados -risos - no sofá, Ai, assim, não dá! Me dê sua mão e vamos passear pela casa, descobrindo, decerto, detalhes - uma excelente canção do rei Roberto Carlos, creio, e tocaremos um por um. Te vou arrancar do sofá e não ouse recusar. Meus olhos te estão dando uma ordem - risos. Minino, eu só lhe pedi a mão e você já me abraçou? Nossa! Sei. Foi o impulso, a força centrífuga, a pressão atmosférica, pois... compreendo, aceito e gosto.

    Olha, Victor, já passei por tudo isso, por todas essas fases, todos esses estados anímicos, esse inverno, que em Portugal se prolongou até junho, mas julho chegou pra arrasar, para destilar. Ai, que calor, or, or, or, or...
    A vida é mesmo lugar de antípodas.

    Nas férias, estive em Marrocos, como voce leu, e aí, e na maioria dos locais, a média das temperaturas é de 56/7 graus. A cidade de Marrakech, a que chamam a poeta do deserto, é "proprietária" das elevadíssimas temperaturas. Esse ano foi demais. Eu já lá estive umas dez vezes, mesmo no tempo de meus pais, mas nunca o calor me abateu tanto como esse ano. Enfim, pensemos no outono. Ai, não, isso me faz lembrar os dias pequenos, folhas caindo das árvores, tons castanhos, tudo caminhando para a tristeza e marasmo.

    Vamos lá levantar o astral, pensar em clarear e em Portugal - olha, até k rimei, sem querer. O que não é, de propósito, é o melhor e mais puro.

    Em relação à frase, é um pouco assim, sim, Victor! Se estamos escuros, por dentro (não admito k você esteja, dese jeito, pke você é um colibri, um beija flor ou flores, pois, dessas, k adora voar e polinizar - risos. Acertei ou foi ao lado? Bem, na mouche, né, querido amigo, eu sei), mas antes de mais, dos outros, embora a família seja mega importante, temos que pensar primeiro em NÓS. Temos de aquecer nosso eu, nos amando, nos entendendo e nos aceitando, e só depois, os outros. Qdo aquecidos, podemos esquentar até os outros e DAR e DAR. Tudo tem de começar em nós e por nós. Qdo conseguido o objetivo, a gente irradia calor e amor, bem mais k Marrakech -risos. E naquela suite onde estive instalada, com ar climatizado, no ponto, mordomias e mais mordomias, ah, voce esquece até de respirar, de comer, beber, pke tudo acontece tão bela e naturalmente.

    A foto de Sueli está mto bem. É um entretenimento saudável e para quem tem paciência para esse tipo de coisa. Eu, nem sei pegar numa máquina fotográfica, mas sei pegar uma caneta ou um lápis e escrever. Graças a Deus, k não somos todos iguais.

    Sinto o design de seu blogue mais vivo, mais azul, ou será impressão do calor de cá? Vai ver k já estou tendo miragens. Ah, mas umas valem bem a pena, te digo!

    Beijos e mais beijos pra ver se suas faces e seu interior aquecem.

    ResponderExcluir
  9. Retificando - A quem chamam a Porta do Deserto, desse jeito.

    Gros Bisous (vim, estou numa de francês, k adoro).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Céu!
      O Inverno para mim, tem sempre esse tom escurecido, mas, só por um tempo.
      Já está passando. Suas palavras me animaram de verdade, amiga!
      Beijão e obrigado!

      Excluir
    2. Olá, querido amigo Victor!

      Menos carrancudo, o dia, os dias, obviamente?
      Sei, quero k sim, pke viver é excelente, meu querido.
      Para clarear a tonalidade ambiental, até era capaz de sugerir a você e sua família para virem até Lisboa, uns diazinhos, pke aqui o calor não dá tréguas e os fogos, tb não.

      Sol e mais sol, luz e mis luz, portanto, seu sorriso se escancararia e seu coração ficaria bem quente e motivado.

      Já tinha passado por cá, antes, mas calculei k não houvesse nova postagem, pke o Brasil e outros países, tb, têm os olhos postos, colados nas Olimpíadas e a Europa, onde meu país se inclui, está fechada, está de férias, quero dizer -risos-.

      Fiquei feliz por minhas palavras o terem animado e motivado. É para isso mesmo k servem os amigos.

      Boa sexta e melhor fim de semana.

      Aquele abraço/beijo!

      Excluir
    3. Obrigado pelo seu amável convite, Céu!
      Beijos e boa semana!

      Excluir
  10. Olá Victor, boa tarde!
    A minha estação preferida é o outono, mais esse ano foi bem complicado por aqui, temporais em outono, frio demasiado. A natureza anda cobrando alguma coisa da gente. Estamos pagando pelos erros dos outros. Ando ansiosa pela primavera e verão. Vamos ver o que está a caminho.

    Abração!
    uma boa semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Smareis!
      Ainda bem que a Primavera está a pouco mais de um mês para chegar!
      Abração!

      Excluir
  11. Oi Victor,
    Por aqui o frio intenso também anda deixando suas marcas. O que conforta é que logo ali é Primavera!
    Beijo carinhoso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou esperando ansioso, Jossara!
      Beijo carinhoso!

      Excluir
  12. Amigo
    Belo texto!
    Não, não desanime, porque no fim do inverno...chega a primavera.
    Um abraço
    Beatriz
    http://pegadasdeanjo.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E sempre haverá uma primavera, Beatriz!
      Abraços!

      Excluir
  13. Voltei para ver as novidades...
    Victor, tem um bom domingo e uma boa semana.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  14. Por aqui, temos bastantes dias de inverno e rigoroso, por isso não nos devemos solidarizar com os ares carrancudos :)
    Importante é não deixar que eles nos vistam de roupas escuras!
    Bjo, meu amigo :)

    ResponderExcluir

Seu comentário é o que torna especial esta postagem. Enriquece extraordinariamente o conteúdo!
Lembrando Saint Éxupery:"Aqueles que passam por nós, não vão sós. Não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós".
Obrigado pela visita!
Abraços!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. AVISO LEGAL Todos os direitos reservados. Esta coletânea de textos e imagens são propriedades do autor e estão protegidos por direitos de propriedade intelectual, que não podem ser utilizados em qualquer meio ou formato sem a autorização do autor. Vitorio Nani - 12/06/2010.